Como ter um pet mais sustentável

No dia 15 de Outubro foi celebrado o Dia do Consumo Consciente. A data foi estabelecida pelo Ministério do Meio Ambiente para conscientizar pessoas e empresas sobre o que é consumo consciente e como os nossos hábitos diários, no espaço de trabalho, na nossa casa, e principalmente em escala produtiva, são capazes de prejudicar ou preservar o nosso planeta. 

Muitas pessoas já sabem como cada gesto é capaz de despertar uma mudança profunda na nossa relação com o planeta. Em contrapartida, muitos cidadãos e empresas ainda não sabem como começar e mudar comportamentos tão inseridos na sociedade. Por isso é importante reforçar alguns hábitos, conceitos e novas formas de consumir que precisam ser adotados no dia a dia. Hoje trouxemos dicas simples e práticas para iniciar hoje mesmo a sua forma de consumir produtos pro seu pet. Escolhemos dicas que englobam três grandes áreas de consumo no mundo pet: necessidades fisiológicas, limpeza e beleza pet.

Como descartar corretamente as necessidades dos nossos melhores amigos 

Gatos usualmente usam uma caixa para suas necessidades e já existem várias opções de areia biodegradáveis. Por isso, se você ainda usa areia de argila para gatos, troque agora mesmo! Ela não é reciclável, nem biodegradável. Elas contêm produtos químicos que prejudicam o meio ambiente. E com o tempo, podem afetar a saúde dos animais e dos humanos. As areias biodegradáveis são compostas, principalmente, de elementos vegetais e não usam produtos químicos. Apesar de ter um custo muitas vezes superior ao dos tipos tradicionais, elas rendem mais, e por isso, acabam sendo mais econômicas. Sabemos que gatos também são bastante exigentes e por isso sugerimos um processo de transição entre a areia que você usa para uma areia biodegradável – assim a probabilidade de aceitação do seu gato vai ser muito maior.

 

Como fazer a transição:

Substitua 1/4 da areia atual pela nova a cada semana. Ao final do mês, você terá trocado completamente sem que seu gato estranhe muito.

 

Cães adoram passear, e seus tutores adoram quando as necessidades são feitas na rua. Mas, quando deixado para trás, o cocô do seu cachorro pode contaminar as águas subterrâneas. E, se apanhados em um saco plástico, ele ficará envolto no plástico em algum aterro sanitário por toda a eternidade (ou por uns 200 anos). Considerando apenas o número dois, existem três opções mais sustentáveis de descarte e nós iremos apresentar alguns prós e contras de cada uma delas para você tentar. 

  • Jogar fora: Se você é do time da praticidade, ou está começando a ter hábitos mais sustentáveis, sacos biodegradáveis são a melhor opção (bem melhor do que um saco plástico que ficará para sempre em um aterro). Dica bônus: recolha algum cocô deixado para trás nos seus passeios. O planeta agradece.
  • Descarga abaixo: Primeiramente, você deve verificar se na sua cidade o sistema de esgoto é capaz de processar os patógenos encontrados no cocô de cachorro. Para quem é de Floripa, boas notícias, a resposta é sim! A desvantagem é ter que tirar o cocô da embalagem usada (folha, papel higiênico, saquinho..) para recolhê-lo.
  • Compostagem: Esse é o nível avançado de sustentabilidade. Para compostar o cocô você deve comprar um composto específico para resíduos de animais. A composteira deve ficar longe de jardins comestíveis (hortas e plantações) e de fontes naturais de água. Isso requer um local específico. No entanto, é rápido, fácil e eficaz depois de instalado. 

 

Como limpar as necessidades dos nossos melhores amigos de forma mais sustentável

A maioria dos produtos que usamos para limpar nossas casas não são seguros para nossos pets (nem para crianças). Eles contêm muitos químicos e aditivos. Mas nós testamos e escolhemos duas opções para você fazer produtos de limpeza ecológicos, seguros e super econômicos.

 

  • Opção 1) Com vinagre

Você vai precisar de: 

1 borrifador

1 funil

100 ml de água

100ml  de vinagre de alcool

5 gotas de oleo essencial (opcional)

Modo de fazer:

Com a ajuda do funil, despeje a água no borrifador, em seguida despeje o vinagre de álcool. Adicione 5 gotas de óleo essencial (para este limpador usamos o aroma de laranja). Feche o borrifador e misture bem. Produto pronto para limpeza de superfícies. *Evite usar em pedras, devido ao vinagre.

 

  • Opção 2) Com bicarbonato

Você vai precisar de: 

1 borrifador

1 funil

200 ml de água

1 ½ colher de chá de bicarbonato de sódio

1 colher de chá de glicerina

5 gotas de oleo essencial (opcional)

Modo de fazer:

Com a ajuda do funil, despeje a água no borrifador. Em seguida acrescente as medidas de bicarbonato de sódio e de glicerina. Adicione 5 gotas de óleo essencial (nós usamos o de lavanda para esse produto). Feche o borrifador e misture bem. Produto pronto para limpeza de superfícies.

 

Como limpar e perfumar nossos melhores amigos de forma mais sustentável

Gatos se limpam sozinhos, e raramente ao longo de toda sua vida precisam de nossa ajuda nesse quesito, mas cachorros não tem talento para tal, se sujam facilmente, e precisam de uma limpeza com frequência. Para evitar muitos banhos, cremes e perfumes que podem fazer mal para seu bichinho (e para o mundo), nós testamos e escolhemos duas receitas para você usar no seu pet.

  • Opção 1) Desodorante pet 

Você vai precisar de: 

1 borrifador

150 ml de Água

1 colher de chá de Glicerina

1 colher chá Óleo de coco fracionado

5 gotas de Óleo essencial de lavanda 

5 gotas de Óleo essencial de laranja

Modo de fazer:

Colocar tudo no borrifador, misturar bem e usar! 

Modo de usar:

Agite antes de usar, borrife sobre a pelagem do seu cão, penteie e deixe secar. Não pulverize no rosto. Armazene em local fresco e seco para durar até 9 meses. Nota: não usar em gatos.

 

  • Opção 2) Shampoo seco

Você vai precisar de: 

1 pote de vidro

Bicarbonato de sódio 

Óleo essencial de lavanda

Modo de fazer:

Faça uma camada de bicarbonato no fundo do pote, depois adicione de 3 a 5 gotas de óleo essencial. Repetir o processo umas 3 vezes até encher o pote. Misture tudo ao final e pronto! 

Modo de usar:

Use como um talco, borrife o pó ao longo de toda a pelagem do seu cão. Esfregue bastante, você quer que o pó chegue até a pele dele. Deixe descansar por um minuto ou dois (ou 5, se o seu cão estiver realmente fedido). Em seguida, escovar completamente o pelo do seu pet.

 

Gostou das nossas dicas? Você já conhecia alguma delas? Tem outras para nos indicar? Deixe seu comentário compartilhando conosco mais formas de ter um pet mais sustentável.