Doces ou travessuras

Ontem no início da noite eu estava deitada no sofá com aquela preguicinha habitual de pós café da tarde, quando percebo que tudo está muito silencioso. Sento no sofá e vejo que a TV estava ligada, mas devia estar no mudo, porque não saia nenhum som. Procurei o controle para aumentar o volume e me distrair do silêncio, mas não achei. Os vizinhos deviam estar cochilando, porque não havia nenhum barulho no prédio. 

Eu adoro a hora do crepúsculo em que o céu laranja dá lugar a tons de azul, até escurecer totalmente. Levantei para acender o abajur da sala e observar pela janela as mudanças no céu, mas o abajur parece ter queimado, porque não acendeu. Fui atrás de uma lâmpada e não achei nas gavetas que normalmente guardamos. Entrei no quarto para chamar meu marido e perguntar: temos alguma lâmpada guardada amor? Mas ele não estava lá.

A casa é pequena então chamei seu nome uma vez e o do cachorro, mas não tive retorno. Pensei: eles devem ter saído para ir ao mercado, ou dar um passeio. Liguei para o celular do meu marido para aproveitar e pedir umas lâmpadas reservas, mas deu fora da área. Mandei uma msg no whatsapp. 

Acendi a luz da sala e fiquei ali, no silêncio, aguardando o retorno dos dois. Passaram 10 minutos e a msg no whats não havia sido entregue para ele – e hoje em dia, 10 minutos esperando alguém receber uma msg parece uma eternidade. Comecei a ficar ansiosa e liguei novamente, mas ainda estava fora de área. 

Foi então que a luz começou a piscar e eu dei um pulo! Fui acender a luz da cozinha, mas estava piscando também, tentei a do quarto, mas estava queimada, assim como a do banheiro.. Meu deus, o que aconteceu com a minha casa? Foi quando me dei conta que era dia 31 de outubro, dia das bruxas, dia dos mortos, noite de halloween.. Comecei a ter calafrios e o medo tomou conta de mim. BAM! A porta do banheiro bate e eu dou um grito! Resolvo sair de casa, mas a chave não está na porta, meu marido deve ter levado!

Penso em gritar socorro, mas tudo ainda está tão silencioso.. E de repente sinto uma respiração no meu ouvido. Já não sei mais o que fazer, sinto que vou desmaiar, minhas pernas estão bambas, meu coração disparado.. O medo de virar e ver algo indesejado é tão grande que fecho os olhos com força e começo a rezar! 

No mesmo instante sinto um toque molhado na bochecha, a respiração se torna mais forte, e de repente… recebo uma lambida! Lentamente abro os olhos e vejo os olhinhos felizes e amendoados do Oliver que está me lambendo querendo brincar. Ufa, foi apenas um pseudo-pesadelo durante o cochilo da tarde. Na rua tem barulho, os vizinhos estão falando, a TV está num volume baixo e a noite começa a cair. Acendo a luz da sala e, não pisca. Ufa! Levanto para fazer uma pipoca para vermos um filme de terror romance (hoje vai ser um romance), quando a campainha toca. Doces ou travessuras?